Um segundo | Por Taramis Sartório

1 segundo. Um segundo é o tempo entre algo bom para uma tragédia. Apenas um segundo para uma decisão errada. Atravessar a rua sem olhar, avançar em um sinal vermelho, fazer uma ultrapassagem perigosa… 1 segundo, apenas. Um segundo para se perder alguém.

Ninguém, nunca estará preparado para a dor da perda. A saudade é um valor alto que se paga por saber amar o outro.
Infelizmente, como em um inconsciente coletivo acabamos todos, sendo atingidos pelo sentimento de medo, com as últimas tragédias que ceifaram a vida de dois jovem aqui na nossa cidade. Uma moça, que perdeu a vida em um acidente de carro, há poucos meses atrás, e mais recentemente um menino que por deslize do destino deixou a vida dirigindo sua moto.

1 segundo. 1 segundo separa a vida da morte. 1 segundo. A vida dá e a vida tira. 1 segundo que um filho virou órfão, um marido viúvo, uma família que perde um irmão, sobrinho, tia, neto…e uma mãe, que enfrenta o maior pesadelo da maternidade. Estima-se que uma morte atinge de forma direta 5 pessoas, mas nestes casos, de forma direta ou indireta toda uma cidade foi afetada.

Esperamos a vida toda por um milagre. Desejamos um fato que nos mostre que um ser superior está acima de nós. Esquecemos que a própria vida é um milagre. Estarmos vivos é um milagre. Uma mesa rodeada de família é um milagre. Ter comida é um milagre. Ter amigos fiéis é um milagre. A saúde é um milagre. Estar no lugar certo no segundo certo, é um milagre. O amor é um milagre. Um filho é um milagre. Todos os nossos segundos são milagres.

Toda morte é inexplicável, mas perder uma pessoa jovem é uma catástrofe. É incompreensível, dolorido e até doentio. Não é fácil ficar. Conviver com a falta é uma lembrança constante do que podia ser, é sentir o vácuo de uma história incompleta. A saudade do cheiro, do toque, do abraço e da voz. É uma dor que fica. É muito mais difícil para quem fica. É preciso aprender a ficar. Reaprender a viver, pois os segundos vão continuar a passar, até o tempo do reencontro. É preciso acreditar que a vida continua sendo um milagre, apesar da dor, você amou. Luto é a dor do amor, luto é a outra palavra para se referir ao amor. Lembramos todos, nunca é um adeus, apenas um até já.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: